Manuel Marques
Sejam bem-vindos!
Capa Meu Diário Textos Áudios E-books Fotos Perfil Livros à Venda Livro de Visitas Contato Links
Textos
As vezes que sonhamos
deitar assim sem medo
num sonho sem explicar
porque voamos num credo
sempre de volta ao acordar

num dia perfeito
em que nos amamos
num ensejo vindo do peito
em que nos abanamos

até algo de bom sair
nas vezes que sonhamos
um com o outro num devir
de sempre nos colhermos
Manuel Marques
Enviado por Manuel Marques em 16/07/2021
Copyright © 2021. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Comentários