Manuel Marques
Sejam bem-vindos!
Capa Meu Diário Textos Áudios E-books Fotos Perfil Livros à Venda Livro de Visitas Contato Links
Textos
Imaculados
desconheço a sua proveniência
em doses maciças de mentiras
vivem isolados na consciência
que perderam na morte das liras

que pararam de tocar num dia negro
em que ficaram no meio de uma fogueira
os imaculados na concepção do íntegro
momento em que caíram na beira

de uma estrada sem bermas
onde a luz se ausentara
os imaculados das coisas ermas
desapareceram na voragem de vida que aumentara
Manuel Marques
Enviado por Manuel Marques em 18/07/2021
Copyright © 2021. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Comentários